Os melhores jogos indie no Xbox Game Pass

@lucca-cardoso

O Xbox Game Pass pode ser uma grande oportunidade para descobrir games indie, mas com a quantidade de jogos disponíveis, às vezes parece difícil decidir o que jogar. Com esta lista, queremos destacar as melhores e mais interessantes experiências independentes que você não pode perder se assina o serviço.

Braid

Braid

Disponível para Xbox One

Jogo mais antigo desta lista, Braid pode parecer ultrapassado para alguns. Mas, diferente de outros jogos do mesmo ano, o jogo de Jonathan Blow não passa a sensação de ser velho, e sim de ser clássico. Tomando elementos de gameplay de outras obras atemporais, principalmente da série Super Mario Bros., mas com uma história melancólica e profunda, nada poderia ser mais emblemático para representar essa indústria que cresceria exponencialmente nos anos seguintes.

Brothers a Tale of Two Sons

Brothers: A Tale of Two Sons

Disponível para PC

Desenvolvido pela Starbreeze Studios, Brothers: A Tale of Two Sons é facilmente o jogo mais contemplativo e emocionante do estúdio, talvez pela direção de Josef Fares, cineasta que mais tarde também dirigiria A Way Out. A mecânica inovadora do jogo consegue criar uma sensação de cooperação, mesmo se jogado sozinho. Isso tudo sem contar com o mundo criado, extremamente expressivo e, consequentemente, muito imersivo, complementado por uma linda direção de arte.

Hollow Knight

Hollow Knight

Disponível para Xbox One e PC

No meio de tantos “metroidvanias” indie sendo lançados, Hollow Knight, da Team Cherry, consegue se destacar justamente por elevar as características que definem o gênero a um nível superior. Nesse jogo, o mundo não é só um hub a ser explorado, mas um personagem próprio, que através da exploração nos conta a história daquele lugar. O combate, apesar de difícil, é extremamente versátil graças aos “charms” que coletamos ao longo do jogo, possibilitando combinações que mudam completamente a forma de jogar. Sem falar na direção de arte e trilha sonora mais que perfeita.

Leia o post completo clicando aqui.