Microsoft irá levar Game Pass para TODOS os consoles e acabar com jogos exclusivos

Download  7
Microsoft e3 2018 date time xbox.jpg.optimal 758x390

Desde seu lançamento o Game Pass, um Neflix de jogos do Xbox, tem tido ótimos resultados e a Microsoft vê o novo serviço como uma forma de unir todos os consoles.

Já faz alguns meses que rumores tem surgido de uma união entre o Xbox e o Switch e que isto poderia ser o primeiro passo para expandir o Game Pass. Mas até o momento eram somente especulações, até que em uma entrevista para a GeekWire o diretor do Xbox, Phil Spencer, afirmou que os planos era lever o serviço para todos os consoles possíveis.

Nós queremos levar o Game Pass para todos os consoles que as pessoas possam jogar. Não só por causa do nosso negócio, mas também para permitir uma maior conexão entre os jogos. Assim você encontrará jogos que não poderia jogar com seu console.

Phil Spencer, Diretor do Xbox

A idéia principal da equipe do Xbox é acabar de vez com jogos exclusivos, ao menos no console do Xbox. Um vez que haja Game Pass nos outros consoles, mesmo que seu Nintendo Switch não seja capaz de rodar um jogo específico haveria como rodar no xCloud em Streming.

O dinheiro não está nos consoles. O principal faturamento está nos jogos, em vender jogos e nos nosso caso vender acesso aos jogos. Então criar plataformas que permitam jogar em qualquer lugar e em qualquer console irá aumentar ainda mais o tamanho deste mercado.

Phil Spencer, Diretor do Xbox

O aprendizado da equipe do Xbox está muito clara, nos ultimos anos a empresa focou no console e não tanto em jogos e viu uma queda vertiginosa nas vendas. Mas com o Game Pass não só os consoles, mas seus jogos tiveram bons resultados já que mesmo com a queda de 19% nas vendas da plataforma, o Game Pass compensou aumentando o faturamento total em 32% somente no ultimo ano.

Além disso a empresa tem investido pesadamente em adquirir novos estúdios e não tem impedido que venham a lançar os jogos em outras plataformas. Claramente demonstrando que o dinheiro ganho ao vender jogos é bem mais interessante que o faturamento e complexidade de vender consoles.

Será um dura batalha, principalmente em conseguir levar para o Playstation. Porém eu gostaria muito de um dia poder escolher o console sem medo de ficar faltando algum jogo exclusivo.

O que você achou desse movimento do Xbox/Microsoft? Será que veremos uma real mudança em como os consoles se comportam?