Epic Games diz que pararia de ter exclusivos se a Steam mudasse suas taxas (após comprar mais um exclusivo por 9 milhões)

Download  7
@gui-carneiro-b07b4cc9-7139-4cb2-bf6f-5630b6e8bfd6
Epic games store details 902x507 758x426

O CEO da Epic Games vai novamente ao Twitter para defender a Epic Store e seus jogos exclusivos. Em seu mais novo tweet afirmou que pararia de ter exclusivos da Epic Store se a Steam “comprometesse em manter as taxas em 12%”.

Georgi Delchev: Quero dizer, a Valve opera como faz hoje, exceto que eles saem e dizem que vão cortar as taxas e não planejam aumentá-las no futuro. Nesse cenário, você ainda dará dinheiro para exclusivos e competirá com elas?

Tim Sweeney: Se a Steam se comprometesse com uma participação de receita permanente de 88% para todos os desenvolvedores e sem amarras, a Epic iria neste momento parar com qualquer jogo exclusivo (respeitando os compromissos de nossos parceiros) e consideraria colocar nossos próprios jogos na Steam.

Vale lembrar que atualmente a taxa que a Epic Store é exatamente esta proposta de 12%. No entanto é bem difícil dizer se a declaração é verdadeira ou falsa já que a Epic Store está tentando ao máximo reconstruir a sua marca que está manchada pelos jogos exclusivos e o alto investimento já realizado.

Por exemplo nesta mesma semana foi divulgado quanto a Epic Store pagou para ter Phoenix Point’s como um jogo exclusivo da loja. Ao todo a empresa pagou mais de 2.25M de dólares, algo por volta de 9 milhões de reais e vale lembrar que Phoenix Point’s é somente um jogo indie.

Embora seja bem improvável que a Steam caia neste blefe, o que você achou? Há alguma chance da Epic Store parar com os jogos exclusivos?